Mestrado em Estudos Literários (UFMG)

Este ensaio discute a produção ensaística de Ana Cristina Cesar em Escritos no Rio e suas relações com o contexto do estruturalismo e do pós-estruturalismo e com aspectos intersubjetivos das discursividades crítica, poética e biográfica. Observam-se as transições em curso, como: o retorno do sujeito à teoria literária e a emergência de temas relativos às minorias.

fonte: http://periodicos.letras.ufmg.br/index.php/emtese/article/view/3488/3428

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Privacy Preference Center