Aos leitores Se você me passar
a mão
eu abro
tudo pra você.
Siga os meus sinais Audio Layer

Casa de Navegação

Casa – espaço de partida e de chegada, enquanto se constrói uma permanência. Abrigo, lugar da intimidade e do pertencimento. Casa – também pode ser um estar em trânsito; como viviam os nômades do passado, e outros tantos no presente.

As telas em rede na internet são como casas em trânsito. A casa em trânsito tem coração e cabeça em corpo que pulsa sobre raízes invisíveis, que vão se estendendo e se recolhendo, se multiplicando em deslocamentos e errâncias, em aproximações e distanciamentos. Essa casa tela percorre o espaço tempo do mundo virtual a navegar como se fosse um navio, ou aeronave.

Híbrido de nau e casa com varanda, ou com terraço de arranha-céu, com ela podemos avistar as praças do mundo, colecionar descobrimentos.  Com a casa tela nau, navegamos todos no oceano digital, intercambiando o pensar, o sentir e o agir; às vezes, contra a maré. Somos internautas; sempre sujeitos ao impulso dos ventos e às tormentas. Enquanto a tecnologia se recria sem cessar.

Esta casa de navegação, aqui, traz a bandeira da literatura, e se propõe compartilhar as experiências de escrita e de leitura literária da autora, como aventuras de autoconhecimento. Sejam bem vindos!

 

A palavra que falo

Comecei a ler o mundo descobrindo os sons do piano e as mangueiras, generosas e muito verdes, a contrastar bonito no azul fortíssimo da cidade natal …

Privacy Preference Center