O Instituto Daghobé, iniciou uma grande mobilização de autores para promover uma forma de afeto fundamental neste tempo de Pandemia: o afeto literário.

A ação consiste em solicitar aos autores doações de cotas dos seus livros para que sejam doados a escolas, hospitais, asilos e entidades que lidam com direitos sociais e humanos no sertão mineiro.

A escritora Francirene Gripp de Oliveira, também conhecida como France Gripp, foi a primeira a doar uma cota de exemplares do seu livro infantil “Trililili paralelá”, um belo volume ilustrado por Ávila.

A escritora France Gripp. Foto: Divulgação

Os exemplares serão destinados, sem nenhum custo, apenas a entidades e pessoas que fizerem contato com o Instituto Daghobé através do e-mail daghobe@gmail.com, assunto: Projeto Afeto Literário
Autores interessados em doar livros próprios para o projeto Afeto Literário podem entrar em contato também pelo mesmo email, especificando o mesmo assunto.

fonte: https://daghobe.com.br/daghobe-recebe-doacoes-de-livros-de-autorxs-para-promover-afeto-literario/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Privacy Preference Center